terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Culpada

 Culpada de querer o que não se tem, de escutar o que não quer, de acordar com o pé esquerdo, de calar-se em vez de chorar. Besteiras que não merecem atenção, reflexão, dimensão. Culpada por ser rude na hora errada e sensível sem precisão. Amar parece mais ilusão, esquecimento e imaginação. Culpada de não viver o momento. Culpada por isso e aquilo. 
 Culpada: palavra errada pra descrever o que se pensa com argumentos, mas sem ressentimentos do que se passa na mente e no coração daqueles que pensam que seu único motivo ou objetivo seja viver na rejeição. 
 E desde quando viver é estar no controle da situação? É melhor se sentir culpada do que não sentir nada.

                                                                                      Andressa S.A

3 comentários:

  1. Disse tudo prima!!!!!!!! é melhor sentir que ser uma pessoa apática!

    ResponderExcluir
  2. Sublinho o que foi escrito! Sem dúvida alguma, a verdade!
    Um beijo *

    ResponderExcluir
  3. Isso aí! e deixa sem controle que fica muito melhor!

    []s

    ResponderExcluir